Ataque terrorista em Jerusalém matou rabino de 73 anos

  • 30/11/2023
(Foto: Reprodução)
Outras duas vítimas não puderam ser reconhecidas. Assassinos tinham eram vinculados ao grupo Hamas. Judeus acompanham funeral de rabino morto em ataque terrorista em Jerusalém no dia 30 de novembro de 2023 Ronen Zvulun/REUTERS O ataque terrorista realizado na manhã desta quinta-feira (30) em Jerusalém causou a morte de três pessoas, entre elas um rabino reconhecido como Elimelech Wasserman, de 73 anos. Até a última atualização desta reportagem as demais vítimas fatais não haviam tido seus nomes divulgados. ✅ Clique aqui para seguir o canal de notícias internacionais do g1 no WhatsApp Um rabino é um líder religioso judeu e estudioso da Torá, responsável por guiar a comunidade e ensinar sobre a religião. Israel é um país de maioria judaica, diferente dos seus vizinhos predominantemente muçulmanos. A polícia de Jerusalém afirmou que os terroristas, armados com um rifle e uma pistola, dispararam contra civis em um ponto de ônibus na entrada da cidade e, em seguida, foram mortos por policiais israelenses. Judeus choram a morte de rabino Elimelech Wasserman, em Jerusalém, após ataque terrorista em 30 de novembro de 2023 Ronen Zvulun/REUTERS Em comunicado, o Hamas afirmou que o ataque terrorista "foi uma resposta natural a crimes sem precedentes que vêm sendo conduzidos pela ocupação", em referência a ações de Israel na Faixa de Gaza. Segundo a polícia de Israel, os atiradores vieram de Jerusalém Oriental e foram parados por soldados de folga. A agência interna de inteligência de Israel, Shin Bet, identificou os assassinos como Murad e Ibrahim Namer.

FONTE: https://g1.globo.com/mundo/noticia/2023/11/30/vitimas-ataque-terrorista-jerusalem.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

No momento todos os nossos apresentadores estão offline, tente novamente mais tarde, obrigado!

Anunciantes